H stampanti

Porque no mercado existem milhares de impressoras com caraterísticas e custos muito diferentes, torna-se importante conhecer as suas necessidades de impressão antes de escolher uma impressora. Enquanto os parâmetros técnicos operacionais, tais como o grau de resolução e velocidade máxima podem ser secundarizados, a utilização é a particularidade que afeta diretamente os custos operacionais.
A carga de trabalho: expressa em média de páginas por mês, reflete o número máximo de páginas mensais para o qual a impressora foi projetada. Se sobrecarregar uma pequena impressora, projetada para uma carga de trabalho baixa, esta deteriorar-se-á num curtíssimo espaço de tempo, até avariar. Pelo contrário, se adquirir uma impressora de gama alta e usá-la para volumes de impressão muito abaixo dos indicados, não está a fazer um bom negócio.
O custo por impressão calcula-se tendo em conta os seguintes elementos: o custo de compra da impressora (a ser dividido pelo número de folhas que se prevê imprimir durante a vida útil da impressora), o custo das tintas ou do toner, os custos de peças de substituição (tambor, cabeças de impressão), os custos variáveis, tais como eletricidade e tudo mais que precisa para imprimir uma única folha. Hoje, com a redução drástica dos preços das impressoras novas, o custo por página é muito mais influenciado pelo custo dos consumíveis, ou seja, dos tinteiros ou dos toners.
É aqui que entra em jogo o Especialista Prink, que o pode ajudar a escolher a impressora que melhor se adapta a si, com uma poupança nos consumíveis até 60%.
Solicite um orçamento no site ou na loja.